"Maria cheia de graça"

"Maria cheia de graça"

A história se refere às “mulas”, mulheres que são usadas (ou se fazem usar) para a traficância de drogas ilícitas. Questões sociais como causadoras do tráfico, assim como o aprendizado da criminalidade e a polêmica livre escolha de seus personagens são expostos no filme. Diversas teorias criminológicas numa única história. Perigos e muita tensão envolvem o transporte da mercadoria, assim como a brutalidade e a desvalorização da vida humana.

Nos “extras” podem ser vistos pontos de vista sobre o filme e o tráfico, talvez útil para os estudiosos do tema.

Abaixo, a sinopse:

“Aos 17 anos, Maria (Catalina Sandino Moreno) vive numa pequena localidade ao norte de Bogotá, na Colômbia. Ela e sua amiga Blanca (Yenny Paola Vega) trabalham em uma grande plantação de rosas, retirando espinhos e amarrando as flores, tarefa entediante que obedece a regras rígidas. As únicas diversões de Maria são o namoro com Juan (Wilson Guerrero) e as festas na praça do lugarejo. Certo dia, pouco depois de descobrir que está grávida, ela se envolve numa discussão e é demitida. Decidida a melhorar de vida e tentar a sorte na cidade grande, a jovem aceita a oferta de um conhecido: transportar heroína para Nova York em seu próprio estômago”.

ASSISTA AO TRAILER: https://www.youtube.com/watch?v=09pxFJ_s3Oo

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!